As vantagens de desenvolver um aplicativo internacionalizável

As lojas mobile já permitem que o seu aplicativo esteja disponível para o mundo todo: o usuário pode fazer o download em qualquer lugar, tanto para iOS quanto para Android. Os aplicativos desenvolvidos pela sua equipe já estão prontos para serem internacionais?

Traduzir um app para outro idioma pode parecer simples. Por esse motivo, a tarefa é geralmente deixada em segundo plano. Os resultados desse trabalho, quando feito depois que o aplicativo já foi finalizado, podem acabar sendo confusos. Como a programação precisa ser retomada, você pode acabar tendo que fazer alterações no layout, deixando o projeto mais caro.

English Japanese Language Communication Concept

Segundo o estudo “O impacto das traduções de aplicativos”, publicado pela Distomo, os downloads chegam a aumentar em 128% por país quando estão disponíveis em mais de um idioma. Esse impacto gera um crescimento de 26% nas vendas das empresas para cada país adicionado. Outro experimento provou que, após incluir a localização, o volume total de downloads pulou de 3.000 por mês para 23.000 downloads por mês pós-localização – 767% mais downloads do que antes.

Downloads chegam a aumentar em 128% por país quando estão disponíveis em mais de um idioma. Esse impacto gera um crescimento de 26% nas vendas das empresas para cada país adicionado.

Pensar a internacionalização significa deixar o aplicativo preparado para ter uma nova localização mais tarde, garantindo que ele funcione em qualquer idioma, sem que você e sua equipe tenha que refazer grande parte do trabalho.

Planejar a internacionalização é produzir um produto global, disponível com facilidade para o maior número de pessoas possível. Isso pode tornar a divulgação dele mais fácil também, uma vez que terá exposição em mais de um idioma.

Internacionalização x Localização

Apesar de parecerem similares, estes são conceitos bem diferentes. A internacionalização significa planejar o seu aplicativo para que ele tenha compatibilidade internacional, com qualquer outro idioma. É a possibilidade de globalização, é a característica que garante que seu aplicativo será tão bom em português quanto em inglês, chinês ou árabe, independente da cultura, da região ou do idioma.

E-learning. Mobile dictionary. Learning languages online. 3d

“Internacionalizar” leva em consideração o desenvolvimento do aplicativo de uma maneira que a localização seja facilitada, sem que existam barreiras para a implantação internacional de um aplicativo – sejam elas barreiras no layout, causadas pelo idioma, ou barreiras nas questões jurídicas, de acordo com cada cultura.

Planejar esse tópico já no começo do desenvolvimento inclui prever o uso de recursos e suportes que não necessariamente serão usados no idioma materno, mas que, em caso de tradução, estarão ali para garantir que esta seja feita da maneira mais rápida e sem grandes impactos financeiros e de reengenharia complexa para a equipe de desenvolvedores.

Já a localização significa a adaptação de um produto a um novo idioma ou a uma nova cultura. É um pouco mais complexa do que uma tradução porque considera outros pontos além do texto. A localização traduz também os formatos de data e hora, os formatos de numeração, o uso da moeda, o uso do teclado em cada idioma, além de símbolos, ícones ou cores que possam ser usados como referências a ideias ou ações que possam causar erros de interpretação em uma determinada cultura.

Quais critérios podem mudar na internacionalização de uma app?

  • Idioma: Internacionalizar uma aplicação tem relação com o idioma usado e também com a região onde ela será vendida. Esses dois fatores podem ou não estar juntos – trocar de país ainda pode manter o idioma (como por exemplo do Chile para a Colômbia), mas também pode haver o uso de mais de um idioma no mesmo país (como no Canadá, onde todos os produtos são vendidos tanto em inglês quanto em francês);

bigstock-149385326

  • Data e horário: Cada idioma possui uma maneira particular de escrever datas e horários. Se seu aplicativo exibe datas, horas e números (informações que podem mudar conforme a localização), o ideal é usar os formatos fornecidos pelo sistema do aparelho do usuário. Tanto a biblioteca para desenvolvedores Android quanto a para iOS fornecem aos programadores dicas e ferramentas para otimizar essas opções.
  • Moeda: Apresentando o aplicativo em outro país, a moeda também vai mudar, e consequentemente o valor do que pode estar sendo comercializado. Além da conversão de moeda, a equipe deve considerar que essa mudança não está necessariamente ligada ao idioma. Na Europa, por exemplo, há uma mesma moeda para pelo menos cinco idiomas, enquanto na América Latina o mesmo idioma serve para diversos países com moedas diferentes.

Close up of Various currency notes and coins from different cou

  • Imagens: Quando as imagens têm algum tipo de texto inserido, também precisarão sofrer alteração, de acordo com a mudança de idioma. Elas também terão que ser avaliadas de acordo com cada cultura, para que o aplicativo não seja barrado por questões jurídicas em algum determinado país.
  • Layout: Alinhamentos de texto e posições dos botões também podem mudar, de acordo com o sistema de leitura particular de cada linguagem. É preciso considerar o tamanho das palavras e frases em outros idiomas, o espaçamento entre elas e a disposição (da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda – mais de 20 países e inúmeras pessoas ao redor do mundo usam idiomas escritos da direita para a esquerda, ao contrário do que nós usamos).
    • Quando você e sua equipe projetarem o layout, vocês devem garantir que o texto possa ser acomodado tanto em caso de expansão quanto de contração. Por exemplo, o mesmo conteúdo traduzido em alemão pode usar até 30% mais espaço do que em inglês. Já o finlandês pode se expandir em até 60% mais que o inglês. É importante considerar também as possíveis variações verticais para línguas com caracteres próprios.

Mesmo com todos esses tópicos programados, lembre-se de dar uma última olhada na aplicação traduzida antes de entregá-la. Não se esqueça de conferir e corrigir, caso apareçam:

  • Texto cortado
  • Texto sobreposto às margens
  • Quebra de palavra incorreta
  • Quebra de linha na pontuação
  • Classificação alfabética incorreta
  • Texto não traduzido
Translate, language, dictionary icon vector image. Can also be used for material design. Suitable for web apps, mobile apps and print media.

Translate, language, dictionary icon vector image. Can also be used for material design. Suitable for web apps, mobile apps and print media.

Na hora de publicar

Ao colocar o aplicativo na loja, lembre-se também de que esta será a primeira impressão que o usuário terá do seu produto antes de baixar, e pode ajudar aumentando consideravelmente os downloads, como no estudo mencionado acima.

Portanto, não se esqueça de traduzir também as descrições, com base na localização do usuário. Antes de disponibilizar seu aplicativo para download, verifique as possibilidades de tradução na descrição do aplicativo, nos screenshots, nos gráficos (se houver) e nos vídeos de apresentação.

Podemos te ajudar nessa parte de testes! Estou disposto a tirar suas dúvidas e analisar o seu projeto de acordo com esses bugs comuns. Me mande um e-mail em julio.viegas@sofist.com.br ou ligue em (19) 3291-5321 para conversarmos. Será um prazer ajudá-lo! =)