Brasileiro está gastando mais tempo em aplicativos, diz pesquisa

Pesquisas confirmaram o que já não era mais dúvida: os brasileiros estão passando mais tempo acessando aplicativos nos smartphones. Embora os jogos tenham uma participação significativa nos números, o aumento se deve especialmente aos downloads de apps de diferentes categorias, como Finanças, Viagens, Foto e Vídeo pelo sistema iOS; e Produtividade, Ferramentas e Social no Google Play.

De acordo com um balanço divulgado este ano pela App Annie, o tempo gasto em aplicativos no Brasil cresceu quase 50% em 2016. Se levarmos em conta apenas os celulares com Android, o total de minutos gastos passou de 75 bilhões para aproximadamente 110 bilhões.

O índice coloca o país na segunda colocação do ranking mundial, ficando atrás apenas da Índia, que soma quase 150 bilhões. Nos Estados Unidos, terceiro colocado, são cerca de 90 bilhões de minutos gastos em aplicativos móveis. O levantamento, no entanto, não calcula os dados da China, uma vez que o Google Play não atua no país.

Mercado em expansão

Embora o Brasil esteja passando por uma crise econômica, a pesquisa divulgada pela App Annie mostrou que o mercado de aplicativos está em expansão, com grandes chances de crescimento também este ano.

Além da App Annie, um levantamento elaborado pela rival Flurry também apresentou dados semelhantes, especialmente quando se trata das categorias de aplicativos mais utilizados. O relatório descobriu que aplicativos de mensagens, social, esportes e negócios estavam ultrapassando os números alcançados pelos jogos, que sempre foram líder no mercado.

app oritental

Invista em aplicativos, mas sem gerar custo

Sua empresa está pensando em investir em aplicativos para atrair mais clientes? Então se atente a mais um dado importante: em 2016, o país superou pela primeira vez a marca de 5 bilhões de downloads de aplicativos na Google Play, mas o Brasil não compõe a lista dos 10 mercados que mais geraram receita com apps na Google Play e na App Store ano passado.

Isso mostra uma realidade no Brasil diferente da encontrada ao redor do mundo, pois o brasileiro prefere os aplicativos gratuitos. Ou seja, a chance de ter sucesso com um app pago é bem menor no país e isso deve ser levado em consideração pela sua empresa.

Somente para conhecimento, os cinco primeiros países que mais geraram receita com aplicativos foram Japão, EUA, Coreia do Sul, Alemanha e Taiwan. Na App Store, são China, EUA, Japão, Reino Unido e Austrália. Na China, ao contrário do restante do mundo, a maior parte do faturamento vem de jogos.

O relatório, no entanto, deixa claro que o impacto de Pokémon Go não pode ser negligenciado e, por isso, os números com jogos continuam em alta. O app alcançou a marca de US$ 500 milhões consumidos em menos de dois meses. Até o final de 2016, ele atingiu mais de US$ 950 milhões – mais rápido do que os jogos mais bem sucedidos de todos os tempos, como Candy Crush, Puzzle & Dragons e Clash of Clans.

Vale destacar que as redes sociais vêm ganhando público na China. Lá, porém, o sucesso fica por conta do aplicativo de mensagens QQ da Tencent.

Aproveite a oportunidade

O levantamento completo da App Annie mergulha em outras tendências para este ano, principalmente quando se trata no interesse dos brasileiros em aplicativos de diferentes categorias, e não apenas social.

App Annie

O aumento na popularidade dos aplicativos fintech, que relaciona Finanças com Tecnologia, merece destaque, além do crescimento do streaming de vídeos (o YouTube foi o número um nos EUA e no Reino Unido, mas o Netflix trouxe mais receita).

Não podemos deixar de mencionar que o top 5 de downloads foram Facebook, Messenger, WhatsApp, Instagram e Snapchat. Já a lista da Nielsen contou com YouTube, Google Maps e Pesquisa do Google no top 5. Por receita, a App Annie ficou com Spotify, LINE, Netflix, Tinder e HBO Now.

Quer investir em aplicativo e evitar que ele seja desinstalado pelos usuários ou receba reviews negativos? A equipe da One Day Testing pode te ajudar neste processo. Estamos dispostos a tirar suas dúvidas. Fale conosco enviando um e-mail para bruno.abreu@sofist.com.br ou ligue para (19) 3291-5321. Será um prazer ajudá-lo! =)

  • Romanti-Ezer G. Santos

    Atualmente já tem aplicativo para quase tudo hahaha.
    Acredito que para se destacar e atingir muitos usuários, é necessário trazer ao mercado algo que permita o usuário ter experiências novas, ou usufruir de um serviço extremamente útil. Ao meu ver, a maior parte dos aplicativos populares são o que são pois difundem cultura e interligam pessoas ou são bastante úteis.