Como destacar o seu aplicativo na loja com estas otimizações

Veja como colocar em prática as dicas de App Store Optimization (ASO)

O que faz o seu aplicativo se destacar dos demais na AppStore ou na Google Play quando alguém realiza uma pesquisa? Independente das funcionalidades, quais são as características que podem atrair e convencer o seu cliente a baixar sua app?

Uma das formas de responder a estas perguntas é aplicar em seu app boas práticas de App Store Optimization (ASO), uma técnica utilizada para otimizar a apresentação do aplicativo e melhorar o posicionamento dele nas buscas feitas nas lojas, potencializando assim a quantidade de downloads.

Uma pesquisa realizada pela Fiksu DSP, empresa que reúne dados da indústria com ferramentas de otimização e segmentação para aplicativos, mostrou que 75% dos downloads de aplicativos Android vêm da busca. Outro dado importante apontado pela empresa é de que quando os usuários baixam um app por meio da busca, há uma probabilidade 50% maior de que eles se tornem usuários fiéis.

Se você produz aplicativos ou se sua empresa oferece um aplicativo na Google Play ou AppStore, confira aqui algumas dicas.

Descrição criativa e funcional

Mais do que um nome original, quando um usuário busca por um novo aplicativo, ele tem acesso a uma página de detalhes do app com uma descrição. Esse pequeno texto pode aparecer também nos resultados de pesquisa e deve ser convincente e criativo o suficiente para envolver o cliente que está pensando em fazer o download. Além disso, essa apresentação é a primeira impressão que as pessoas terão do seu produto.

Veja como faz o aplicativo do Trello, plataforma para organizar ideias e projetos:

1-min

Por isso, ao escrever a descrição do seu aplicativo, avalie: o que você gostaria de ver quando estivesse buscando por um produto como o seu? Pense também em quais palavras as pessoas poderão usar para buscar pelo seu produto – se essas palavras-chave fizerem parte da sua descrição, elas vão aumentar a chance do seu app ser encontrado.

Depois de uma breve apresentação, explique quais são os benefícios do seu produto, valorizando-o. Para essa parte, tente responder às seguintes perguntas: o que o seu aplicativo faz de melhor? Qual problema ele resolve? Em que ele se destaca dos concorrentes? Fique atento também para que as informações atendam a legislação dos países nos quais vocês está disponibilizando sua app.

Uma dica para que seu texto não fique muito grande e difícil de ler na tela do smartphone é dividi-lo em parágrafos curtos ou em itens, como numa lista, apontando as funcionalidades da app de maneira concisa e direta. Você consegue inclusive inserir bullets e elementos especiais na descrição da loja, para facilitar a leitura pelos usuários. Avalie também o estilo de linguagem que você vai usar para não parecer automático. Dê preferência a uma interface writing amigável, para que você possa se aproximar dos seus clientes.

2-min

Transparência

Caso sua app tenha uma versão light ou então uma versão grátis e outra paga, fique atento à transparência. Explique exatamente como o aplicativo vai funcionar e quais recursos o diferenciam do outro que você também está disponibilizando, deixando bem claras as limitações de uso e acesso, para que o usuário possa fazer sua escolha sem se sentir enganado. Isso é essencial caso seu app faça o uso de in-app purchase; já vimos muitos casos reais em que esta informação não estava clara para o usuário na descrição da loja, e depois o app recebeu centenas de reviews negativos por não ter sido transparente o suficiente.

Evite links na descrição

No espaço de descrição de um aplicativo, não é possível habilitar links clicáveis. Assim, evite adicionar URLs, mesmo que seja para disponibilizar a política de privacidade do seu produto. Considere que haverá espaços para colocar informações como essa em outras áreas designadas, então você não precisa fazer com que o cliente saia da loja para ler sobre seu aplicativo, correndo o risco de que ele não volte mais.

Disponibilizar um vídeo e/ou screenshots

Apresentar um vídeo do aplicativo sendo usado é uma grande sacada – além de ser prático, pensando em clientes que podem ou não querem ler a descrição até o final, o vídeo também pode converter em downloads por já mostrar um pouco do design e das funcionalidades do app. É como uma amostra grátis para o usuário, que terá uma ideia mais direta de como funciona seu produto e dos benefícios que você está entregando.

Veja o exemplo do aplicativo de anotações Evernote:3-min-ever

Se você ainda não puder disponibilizar um vídeo como amostra da sua app, considere imprescindível usar screenshots (fotos das telas) que destaquem as funcionalidades do aplicativo. Junto de cada imagem, insira um texto muito breve sobre o benefício obtido através da funcionalidade destacada na imagem. Priorize mostrar ao seu cliente telas que apresentem diferenciais do seu produto em relação aos concorrentes encontrados na loja.

A maioria das pessoas abrem os screenshots antes mesmo de ler a descrição em texto disponível na loja. Tente escolher alguns deles que sejam atrativos o bastante para convencer seus usuários a clicar no botão de download. Por sinal, há muitas soluções na internet que facilitam a geração destas imagens: quando estava trabalhando com um app aqui da Sofist, utilizei o AppLaunchpad para Android e o LaunchKit para iOS.

Título

O ícone define como seu aplicativo será visto. O nome define como ele será chamado. Mas o título pode interferir em como ele será encontrado, pois contempla também como ele será digitado no momento da busca. Você tem à sua disposição 50 caracteres para usar nos títulos de apps iOS e 30 caracteres para Android: aproveite esse espaço para usar as palavras-chave mais poderosas que se encaixem no seu produto.

O título é muito relevante na otimização de busca, por isso o indicado é publicar neste campo o nome da app junto a uma ou mais palavras-chave de qualidade que pode converter buscadores em clientes. Para exemplificar, vamos pensar no Uber: antes de atingir o número de usuários que ele tem hoje, as pessoas não sabiam exatamente seu nome. Por isso, procuravam por “táxi” ou “carona”, ao invés de digitar exatamente “uber”.

Opiniões dos usuários: Reviews e Ratings

Outro fator que pode ajudar seu app a aparecer primeiro nos resultados de busca é a quantidade de avaliações que ele já recebeu. Segundo as definições de busca do Google, os ratings (notas ou classificações) e as reviews (opiniões dos usuários) têm peso forte no algoritmo que determina o resultado da busca orgânica.

4-min

Se o seu apllicativo está recebendo boas avaliações e comentários, o posicionamento dela no ranking com certeza vai subir. Mas, por outro lado, se as avaliações são negativas, o resultado ficará para as últimas páginas da pesquisa. Fique atento à qualidade do seu produto!

Quanto aos comentários, considere também que a opinião escrita de pessoas que já baixaram e testaram seu aplicativo pode influenciar os próximos clientes. Mantenha contato, responda os comentários e dê feedbacks aos usuários sempre que eles solicitarem, para demonstrar sua disponibilidade e humanizar seu app.

Veja as avaliações dos jogos Angry Birds e Fruit Ninja:

avaliacoes-low

Atualização

Uma última dica importante é manter sempre seus aplicativos atualizados, para que eles não sejam removidos das lojas. Fazer esse trabalho e nunca mais analisar se está funcionando ou não pode render problemas. Por sinal, qualquer produto que para de receber manutenção tende a deixar de existir; nós que trabalhamos com tecnologia sabemos que as necessidades dos usuários evoluem ao longo do tempo, o que faz com que nosso produto tenha que evoluir também, caso seja nosso interesse nos mantermos competitivos.

Aproveite para medir os indicadores (números de visualizações e downloads) que as lojas oferecem e não se esqueça de que os algoritmos delas podem variar com o tempo. Alguns dados demoram a serem disponibilizados nos painéis de gestão das lojas, mas já é um bom ponto de partida.

Vale a pena agendar uma revisão mensal dos textos de descrição, legislação e palavras chaves utilizadas para potencializar os resultados com o decorrer do tempo. Entenda também os recursos que as ferramentas internas das lojas de apps oferecem: por exemplo, a Google Play já disponibiliza no painel de gestão de seu app o recurso para realizar testes A/B utilizando variações do título descritivo de seu app.

Aqui na One Day Testing, nós podemos avaliar se seu aplicativo está seguindo boas práticas de ASO e te orientar. Entre em contato comigo pelo e-mail bruno.abreu@sofist.com.br ou ligue para (19) 3291-5321. Será um prazer ajudá-lo! =)