Não é de hoje que umas das maiores preocupações das empresas de tecnologia é garantir que seus produtos digitais tenham um rápido carregamento e estejam disponíveis para o consumidor a todo momento. Essa preocupação aumenta quando temos algum evento especial, como uma Black Friday ou uma ação com grande investimento em mídia na qual você espera trazer muitos usuários.

Neste cenário, você precisa de uma forte preparação técnica para garantir que seu produto vai suportar toda essa demanda de acessos. E, para saber como se preparar da melhor maneira, são necessários dados confiáveis para embasar suas tomadas de decisão, afinal como saber se você tem que contratar mais servidores ou realizar ajustes em sua arquitetura se você não sabe como seu produto se comportará quando esta demanda ocorrer?

Para ter esses dados, você precisa concentrar seus esforços em coletar informações relevantes do estado atual do seu produto e da sua infraestrutura para identificar possíveis gargalos. Deste modo, é possível ajustá-los e ter confiança de que você estará pronto para suportar a alta demanda de acessos simultâneos. E uma das melhores soluções para isso são os Testes de Carga & Stress.

Esses testes servem para avaliar quantos usuários seu produto aguenta, como ele se comporta com um número de acessos além do planejado e traz indicadores que, quando bem interpretados, ajudam a ter insights de como melhorar o desempenho de sua aplicação.

Aqui na Sofist já vimos várias empresas optando por fazer esses testes internamente e obtendo resultados rasos e que não agregavam valor na hora da correção de problemas. Isso as levou a gastar mais dinheiro em soluções que não necessariamente eram as mais adequadas, ou então a otimizar suas aplicações menos do que deveriam, levando-as a sofrerem, por exemplo, com seus produtos fora do ar e com todos os prejuízos que isso acarreta (financeiros e de reputação).

Sua empresa está pronta para evitar esses cenários? Te convido a ler este artigo e entender como um parceiro pode te ajudar nessas situações.

Por que contar com um parceiro para realizar Testes de Carga & Stress?

Na Sofist, acreditamos que Testes de Carga & Stress são um “trabalho feito a quatro-mãos”. Isso porque, embora fazer internamente, na maioria das vezes,  não seja a melhor escolha, confiar ao parceiro a totalidade desse projeto não é tecnicamente viável.

O alinhamento entre os times vai otimizar seu fluxo de trabalho e trazer resultados mais assertivos. Abaixo te trago os benefícios de contar com um parceiro para essa iniciativa ao invés de realizá-la apenas com seu time interno.

Experiência do parceiro

Contratar um parceiro vai trazer uma expertise que dificilmente você encontrará em seu time, uma vez que tais testes não fazem parte do core business de seu negócio.

Ao testar com um parceiro, você traz todo o conhecimento técnico da área para o seu cenário com um time de profissionais experientes no assunto e que com certeza já rodou muitos outros projetos de teste antes de realizar o seu. Deste modo, as análises tendem a ser mais profundas, trazendo insights bem mais valiosos, nascidos da visão de um especialista.

Trago um exemplo: certa vez conheci uma empresa que, após sérios prejuízos por não investir tempo neste tipo de análise, resolveu internalizar o processo. O problema é que as ferramentas usadas para este tipo de trabalho geram muitos dados e métricas, e a pessoa que ficou responsável por rodar os testes acabou não sabendo distinguir quais eram as informações mais importantes para suas respectivas tomadas de decisão.

É um cenário péssimo, não? Pois tão ruim quanto não gerar informação nenhuma é gerar muita informação e não saber como usá-la, o que acaba por não justificar o investimento feito.

Além disso, uma equipe parceira já tem experiência realizando projetos de testes para empresas de diversos mercados, aumentando ainda mais o valor dos testes. Digamos que você seja um e-commerce: o parceiro certamente já terá tido vivência em tal setor, por isso, terá conhecimento de quais são os gargalos mais comuns em lojas virtuais e estará pronto para aplicar todo esse conhecimento em seu site.

Sendo assim, unindo a experiência técnica e o conhecimento de mercado, esses profissionais vão amparar seu processo da melhor maneira, orientados a te entregar os melhores insights e resultados.

Tempo do projeto

Dependendo do seu negócio, é bem provável que você tenha demandas por Testes de Carga & Stress pouquíssimas vezes ao ano. E, por conta disso, dificilmente você terá uma pessoa focada nessa tarefa dentro da sua empresa, uma vez que ela ficaria muito tempo parada e poderia não ter reaproveitamento dentro de sua equipe.

Você até poderia designar internamente a realização desses testes a um profissional como um analista de infraestrutura ou outro semelhante, mas pense comigo: como andam as demandas no seu departamento de TI? Seu time tem tido tempo para entregar suas tarefas com calma ou é comum ver a equipe trabalhando mais do que o esperado?

Uma pesquisa da SolarWinds de 2017 relatou que 91% dos profissionais de TI trabalham além do horário e que um a cada cinco entrevistados faz pelo menos 20 horas extras por mês. Você consegue enxergar sua equipe neste cenário?

Realizar Testes de Carga & Stress é um trabalho muito analítico. Esses projetos acabam gerando uma quantidade enorme de dados que precisam ser consolidados, interpretados e utilizados para planos de ação concretos. Sua equipe teria tempo hábil para lidar com tudo isso sem parar de performar nas outras atividades do dia-a-dia (e ainda corrigir os problemas apontados pelos testes)?

Gráfico indicando problemas no tempo médio de resposta.

 Gráfico indicando problemas no servidor ao receber a carga

Indo na linha inversa, um parceiro externo pode rapidamente entender seu cenário, objetivos e dores e rodar o projeto com agilidade e eficiência. Além disso, ele pode te orientar na interpretação dos dados da melhor forma e também, em último caso, na resolução dos problemas apontados pelos testes.

Maturidade do processo

Com certeza você tem mapeadas as épocas nas quais você espera receber mais demandas em sua aplicação. Seja uma Black Friday, Natal ou, por exemplo, em uma época onde seu produto vai passar por uma grande mudança, é para esses momentos que você precisa se preparar para os altos picos de acessos.

Entretanto, são momentos pontuais, o que te leva a, obviamente, não ter uma necessidade contínua de testar seu produto em termos de comportamento durante períodos de muitos acessos. E, justamente por não ter essa necessidade, este não é um processo que você roda frequentemente.

Aqui entra aquela famosa frase “a prática leva à perfeição”: processos que não são exercitados com frequência dentro de sua empresa são processos provavelmente não dominados pela sua equipe  – ainda mais se considerarmos que, como eu coloquei no tópico anterior, a inexistência de um profissional focado em Carga & Stress dentro de seu time.

O problema de quando esses testes são realizados com um processo que não está maduro por não ser frequentemente praticado é que, na maioria dos casos, os testes são realizados com pouca profundidade e com ferramentas que dificilmente fornecem os insights mais valiosos.

Processos que não são exercitados com frequência são processos provavelmente não dominados pela sua equipe

Por exemplo, já vi casos de empresas que utilizavam softwares de simulação de carga que não emulavam o comportamento real de usuários, ignorando, por exemplo, aspectos como o think time (tempo de interação do usuário com uma aplicação). A consequência disso eram resultados de testes que, no fim, não condiziam com a realidade de uso habitual.

Já um parceiro, com toda sua bagagem e experiência, consegue rodar um processo consistente o suficiente para gerar dados profundos, utilizando as melhores práticas de mercado para agregar o máximo de valor possível na hora da correção de eventuais problemas encontrados.

Conclusão

Se você reparar bem, todos os meus argumentos acabam se interligando de certo modo: por conta da falta de um profissional especializado no seu time e pela rotina apertada da sua equipe de TI, você não tem tempo e nem a expertise para realizar Testes de Carga & Stress da maneira que deveria. Ainda assim, mesmo que você tente alocar um profissional interno em tal projeto, é alto o risco dos resultados dos testes saírem sem profundidade e com uma baixa representatividade frente ao seu cenário real.

Por conta disso, contar com um parceiro neste tipo de teste pode se apresentar como uma ótima saída. Você trará profissionais especialistas tecnicamente e com uma ampla bagagem de mercado para analisar sua aplicação da melhor forma, te oferecendo resultados precisos e valiosos e permitindo preparar sua aplicação para qualquer situação de alto número de acessos simultâneos.

Aqui na Sofist já rodamos Testes de Carga & Stress para diversas empresas em projetos que foram muito bem sucedidos! Inclusive olhe só para quem fazemos este tipo de teste em época de Black Friday, um dos períodos que mais causam problemas de lentidão e queda:

Em época de Black Friday e em outros momentos com grandes picos de acesso é importantíssimo se manter seguro de que seu site não vai te deixar na mão, evitando perdas expressivas em vendas. Quando você investe e se prepara para garantir que tudo corra bem, os riscos de problemas caem drasticamente.

E na sua empresa? Você consegue garantir que um alto volume de acessos em seu site não será um problema na hora em que você menos precisa que seja? Deixe um comentário contando sua experiência. 🙂