Quando a web surgiu, o aparato técnico usado para acessá-la era muito diferente do que se usa atualmente. Tínhamos computadores desktop fracos e conexões lentas e instáveis. Hoje, poderosos smartphones conectados ininterruptamente via conexões rápidas 4G são a norma. Essa mudança, somada a outras inúmeras no funcionamento da web, nos levou a um ponto crítico: